Avaliação de Desempenho dos servidores municipais ganha plataforma on-line

0
Share

A Prefeitura de Londrina vai lançar, nesta quarta-feira (13), o inédito Sistema Eletrônico de Avaliação de Desempenho. Anualmente, todos os servidores efetivos e estatutários passam por essa avaliação, desde que atendam alguns critérios, com preenchimento de formulários para obter notas. Pela primeira vez, o processo será realizado em uma plataforma on-line elaborada pelas secretarias municipais de Recursos Humanos (SMRH) e de Planejamento, Orçamento e Tecnologia; e cerca de oito mil servidores devem ser avaliados, da administração direta e indireta.

A alteração do meio físico para o virtual trará vários ganhos aos servidores envolvidos na avaliação. Além de não ser preciso imprimir um formulário para cada um dos avaliados, a contagem das notas passa a ser feita automaticamente pelo sistema. Nos anos anteriores, todos os documentos eram impressos na SMRH, para distribuição às outras secretarias e órgãos municipais. O sistema on-line não permite preenchimentos em duplicidade ou rasuras, o que implicava em mais impressos.

Foto: Divulgação

O decreto municipal nº 1.127, publicado no Jornal Oficial n° 4.459 desta sexta-feira (8), regulamenta o processo e contém, em anexos, os novos formulários que serão aplicados.

A secretária municipal de Recursos Humanos, Julliana Faggion Bellusci, frisou que mais do que converter o sistema manual para o meio eletrônico, a Avaliação de Desempenho passou por uma análise em todas as suas etapas. “Há muito percebíamos que era necessário reformular a Avaliação de Desempenho. Então em janeiro deste ano tivemos a ideia de fazer uma mudança audaciosa em todo o sistema. Isso incluiu desde a reelaboração total dos formulários, que continham questões extensas e subjetivas, e agora passam a ter questões objetivas e concisas no enunciado e na escala de notas”, citou.

A análise para reformular o processo de Avaliação de Desempenho dos servidores foi conduzida pela Gerência de Carreiras da SMRH. Os trabalhos iniciaram em fevereiro deste ano e, em maio, a Diretoria de Tecnologia da Informação (DTI) da Secretaria Municipal de Planejamento, Orçamento e Tecnologia, ingressou na empreitada para converter o processo em um sistema eletrônico seguro e acessível a todas as áreas da Prefeitura.

“A DTI abraçou essa causa, criando um sistema muito bom. Além de incluir os formulários, o novo sistema puxa dados do Sistema de Folha da Prefeitura, tanto dos avaliados como avaliadores. Ao serem preenchidos e assinados, o formulário devolve os dados para o Sistema Folha. Isso representa uma grande economia em horas de trabalho, gastos com combustíveis e impressões. É eficiência pura da Prefeitura, com economia de tempo e redução do impacto ao ambiente”, complementou Bellusci.

O secretário de Planejamento, Orçamento e Tecnologia, Marcelo Canhada, completou citando que o Município atua prezando pela eficiência e transparência e a informatização dos processos é essencial para atingir esses intuitos. “Essa conquista do novo Sistema Eletrônico de Avaliação de Desempenho é fruto do investimento e planejamento da Prefeitura em tornar Londrina uma cidade cada vez mais moderna, dentro da tecnologia da informação. Esses investimentos são constantes e incluem capacitação dos servidores. Os objetivos também visam facilitar a vida do cidadão, com processos mais rápidos e transparentes, economizando e evitando desperdícios para os recursos públicos”, detalhou.

Segundo a gerente de Carreiras da SMRH, Fernanda Yuri Morita, os quatro formulários contemplam diferentes categorias de servidores: geral, gerencial, magistério, e guarda municipal. Antes, eram sete versões. “Esse trabalho de reelaboração buscou otimizar e facilitar a compreensão dos servidores de diferentes níveis e funções. O sistema trouxe um layout agradável, com formulário compreensível e abrangente, que irá poupar gastos, tempo, e viabiliza uma melhor gestão. Saberemos onde é preciso investir, quais áreas são mais sensíveis e quais as necessidades dos servidores avaliados”, disse.

As avaliações são executadas por uma Comissão Avaliadora, composta pela chefia mais dois servidores. Esse grupo deverá debater e preencher os formulários no site, permitindo que cada servidor acesse com sua chave e verifique sua avaliação. “Fizemos contato com órgãos de todas as esferas de governo e outras prefeituras para descobrir como eles efetuavam as avaliações de desempenhos. Descobrimos que Londrina já estava fazendo um trabalho de ponta, o que nos animou muito, e esperamos melhorias contínuas”, afirmou.

Para a imprensa: outras informações com a secretária municipal de Recursos Humanos, Julliana Faggion Bellusci, pelo telefone 3372-4032.



com informação da Prefeitura de Londrina

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *