Conselho Municipal do Trabalho promove bate-papo sobre transformação digital

0
Share

Entender a tecnologia como um meio e não como um fim. Esse é o principal objetivo do evento “Transformação digital: primeiro pessoas, depois tecnologia”. A ação é uma iniciativa do Conselho Municipal do Trabalho, Emprego e Renda (CMTER), e será realizada na próxima segunda-feira (18), às 14h, com transmissão ao vivo pelo Facebook da Prefeitura de Londrina.

No evento, o presidente do CMTER e secretário municipal do Trabalho, Emprego e Renda, Gustavo Santos, receberá a empresária e diretora do Arranjo Produtivo Local de Tecnologia e Comunicação (TIC) de Londrina, Ana Paula Murakawa, para um bate-papo que quer provocar a reflexão sobre como a tecnologia tem muito mais a ver com pessoas do que com as ferramentas em si.

O presidente do CMTER explicou como a ideia da ação surgiu. “O tema da última conferência do Conselho foi ‘Os reflexos da tecnologia no mercado de trabalho’. Durante nossas discussões sobre as propostas da Conferência, sentimos a necessidade de ouvir uma opinião especializada sobre o assunto, foi quando tivemos a felicidade de conhecer a Ana. A participação dela na reunião do CMTER foi tão impactante e nos deu tanto para pensar que resolvemos trazer isso para o público e ampliar essa reflexão”, contou Santos.

Ana Paula é Sócia da On Demand Academy e da Happy, empresas de TI que entregam soluções personalizadas e também introduzem de forma didática e lúdica as crianças e adolescentes no universo da tecnologia. Ela acredita que uma solução tecnológica só é relevante se for capaz de atender às necessidades reais das pessoas, impactando inclusive em seu comportamento.

“Não há como pensar em uma solução digital, sem antes pensar e compreender o que as pessoas querem e precisam. Além disso, para serem desenvolvidas, as tecnologias precisam da habilidade humana, ou seja, de pessoas preparadas e capazes de transformar necessidades em soluções. O objetivo deste bate-papo, é falarmos um pouco sobre a lógica da transformação digital ‘de verdade’. Na qual a tecnologia é parte, mas não todo, sendo o meio e não o fim”, pontuou a diretora da APL de TIC.

Conselho – O CMTER é formado por representantes de três segmentos: poder público; empregadores; e trabalhadores. É responsável por acompanhar e gerir as políticas públicas do trabalho, emprego e renda em Londrina. As reuniões são mensais, em toda última sexta-feira de cada mês e, atualmente, estão sendo feitas por meio da ferramenta de webconferência da Prefeitura, por conta da pandemia.

O conselho é composto por representantes das seguintes entidades:

BANCADA DOS TRABALHADORES:
SINDECOLON – Sindicato dos Empregados no Comércio de Londrina
SML – Sindicato dos Trabalhadores Metalúrgicos de Londrina e Região
STR – Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Londrina
SINCOLON – Sindicato dos Contabilistas de Londrina e Região

BANCADA DOS EMPREGADORES:
SINCOVAL – Sindicato do Comercio Varejista
SINDUSCON NORTE DO PARANÁ – Sindicato da Indústria da Construção do Norte Paraná
SESCAP –Sindicato das Empresas em Serviço Contábeis e Assessoria em Perícias, Informações Pesquisas de Londrina
SINDIMETAL – Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico do Estado do Paraná
SENAI – Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial em Londrina
SINDIMERCADOS – Sindicato do Comércio Varejista de Mercados, Minimercados, Supermercados e Hipermercados do Estado do Paraná

BANCADA DO PODER PÚBLICO:
SMTER – Secretaria Municipal do Trabalho, Emprego e Renda
CODEL – Instituto de Desenvolvimento de Londrina
SME – Secretaria Municipal de Educação
SMAA – Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento

 



com informação da Prefeitura de Londrina

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *