Cultura: Cndido destaca trajetria de David Foster Wallace, “o escritor que mudou o jogo”

0
Share

Está no ar a edição 122 do jornal Cândido, publicado pela Biblioteca Pública do Paraná, que resgata e analisa a trajetória do cultuado escritor norte-americano David Foster Wallace (1962-2008). Conhecido, entre outros livros, pelo romance Graça Infinita (1996) — considerado um clássico inovador da literatura contemporânea —, Wallace está de volta às livrarias e bibliotecas brasileiras com Um Antídoto Contra a Solidão, recém-lançada compilação de entrevistas que jogam luz sobre sua vida e seus processos criativos.


Além de ouvir os tradutores de sua obra no Brasil, o repórter João Lucas Dusi mostra os bastidores de seus principais trabalhos e elenca curiosidades sobre seu universo (como o filme O Fim da Turnê, de 2015, que reconta um período específico de cinco dias da vida do autor, interpretado por Jason Segel).


“A influência dele na literatura contemporânea como um todo pode ser vista sob a chave do que chamaram de ‘nova sinceridade’, uma espécie de desnudamento das vulnerabilidades psíquicas dos narradores. E também no sentido de estimular novamente a pesquisa formal, os jogos narrativos, a obsessão pelos detalhes e o questionamento do narcisismo e dos vícios relacionados à mídia e ao entretenimento”, explica o escritor e tradutor gaúcho Daniel Galera, um dos entrevistados da matéria.


Outros destaques do Cândido de setembro: entrevistas com Adriana Lisboa e Carlos de Assumpção (concedidas a Hiago Rizzi e Luiz Felipe Leprevost), artigo de Maria José da Silveira na coluna Pensata, poemas de Amanda Vital e Lauro Mesquita e um ensaio fotográfico assinado pelo coletivo Prédios de Curitiba. A arte da capa é de Juliano Soares.


Leia no site www.candido.bpp.pr.gov.br ou faça o download gratuito do arquivo com o novo projeto gráfico AQUI.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *