02/02/2023

Office Address

123/A, Miranda City Likaoli
Prikano, Dope

Phone Number

+0989 7876 9865 9

+(090) 8765 86543 85

Email Address

info@example.com

example.mail@hum.com

Brasil Emprego Luiz Claudio Romanelli

Desemprego alto é muito preocupante, diz Romanelli

Desemprego alto é muito preocupante, diz Romanelli

 

O deputado Romanelli (PSB) disse nesta quarta-feira, 27, que a taxa de desemprego no País continua alta, atinge 12,7 milhões de brasileiros, e é muito preocupante. “A taxa subiu para 12% no trimestre encerrado em janeiro. Apesar do Paraná ser um estado diferenciado, não é uma ilha, e recebe o impacto da economia nacional. Espero que o governo do presidente Bolsonaro tome medidas, de forma rápida, que incentivam a abertura de postos de trabalhos em áreas em que as respostas são rápidas, como os serviços e a indústria da construção civil”, afirmou.

Dados do IBGE registram que a taxa de desemprego ficou acima dos 11,7% registrados no período encerrado em outubro. O aumento representou a entrada de 318 mil pessoas na população desocupada. Segundo o IBGE, este trimestre fechado em janeiro foi menos favorável que os mesmos períodos de 2018 e 2017.

A recuperação da economia, segundo Romanelli, ainda está em marcha lenta mas afirma que a Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) já propôs ao governo federal um plano para criação imediata de um milhão de empregos, sem qualquer subsídio, somente com a retomada das 4.738 obras paradas que se estendem pelas cidades brasileiras.

A CBIC aponta ainda casos casos de obras que são tocadas entre o governo federal e as prefeituras que, por alguma razão, não começaram. E estima entre R$ 2 bilhões e R$ 8 bilhões em recursos do PAC depositados em contas de prefeituras e sem uso por causa de dificuldades burocráticas e jurídicas.

“A recuperação da construção civil gera empregos de forma rápida, eficaz, impactando de forma positiva o grave problema do desemprego e subemprego que afeta 27 milhões de trabalhadores no país”, disse Romanelli.

About Author

Redação

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *