Dia Mundial dos Animais tem ações especiais na sede da Prefeitura

0
Share

Em comemoração ao Dia Mundial dos Animais, celebrado em 4 de outubro, vieram até a sede administrativa da Prefeitura de Londrina seis cães resgatados e que estão acolhidos em lar temporário. Os animais foram recebidos pelo prefeito Marcelo Belinati, em seu gabinete, e também estiveram na Secretaria Municipal de Recursos Humanos (SMRH), onde interagiram com os servidores.

Foto: Emerson Dias

A visita dos animais também integra a agenda do Mês do Servidor, e lança um projeto-piloto da SMRH para incentivar a adoção e o convívio dos servidores municipais com animais de estimação. A interação com animais é uma atividade com benefícios à saúde, pois reduz os níveis de cortisol em pessoas de todas as idades, e no ambiente profissional contribui para um melhor rendimento e maior concentração.

De acordo com a secretária municipal de Recursos Humanos, Julliana Faggion Bellusci, a ação busca sensibilizar os servidores municipais, que representam uma parcela importante da população londrinense, para, que antes de comprar um animal de estimação, confiram os que estão para adoção. “Diariamente, são resgatados de situação de maus tratos dezenas de animais, sujeitos a vários tipos de violência. Esse resgate inclui o lar temporário, mas, para que novos animais sejam atendidos, precisamos providenciar lares definitivos aos resgatados.  Trouxemos esses seis, primeiramente ao gabinete do prefeito e à SMRH, mas o intuito é em breve visitar outras secretarias e órgãos do Município”, citou.

Foto: Emerson Dias

Apesar do triste passado, os cães resgatados foram extremamente dóceis e carinhosos durante a visita. “Foi muito bonito de ver como eles reagiram, pedindo carinho, durante essa breve visita. Que a gente abra os olhos para essa oportunidade, e possamos contribuir com esse trabalho incrível. No coração de todo animal abandonado, mora o desejo de ser amado, e isso é algo que todos nós podemos oferecer”, complementou a secretária.

Acompanhando os cãezinhos, estava a vereadora Daniele Ziober, que há anos atua pela causa animal e é tutora dos seis visitantes. Ela reforçou a necessidade de incentivar a adoção dos cães e gatos resgatados, e acredita que o projeto da Prefeitura entre os servidores será de muito sucesso.

“Pela primeira vez, trouxe esses seis animais para uma atividade de conscientização, sendo que ao todo tenho 59 cães e gatos resgatados que esperam para serem adotados. Esse trabalho da Prefeitura nos ajuda muito, porque faz com que os animais sejam vistos de outra forma pelas pessoas. Além disso, o apoio do prefeito Marcelo Belinati e da Prefeitura trará muita visibilidade; às vezes a pessoa já quer adotar, mas não sabe como. Então é uma ótima forma de divulgar”, comentou a vereadora.

Ziober contou que os animais resgatados foram vítimas de violência física ou abandono, e que ao adotar o cidadão contribui para evitar novas situações como essa – os cães resgatados são vacinados, desvermifugados e castrados, ou seja, com menos chance de adoecer; e o novo tutor recebe orientações importante para a posse responsável. “Há tantos animais em abrigos que estão preparados para um lar. Especialmente os adultos, que você já adota sabendo a personalidade e tamanho, que se acostumam rapidamente ao novo lar e são muito fieis. Então pedimos às pessoas que conheçam esses animais e cogitem a adoção”, detalhou.

Foto: Emerson Dias

A vereadora e protetora de animais reforçou que, mesmo com muitos resgates, seja pelas ONGs, tutores independentes ou pela Prefeitura, o índice de adoção ainda é muito baixo. “Enquanto um animal é adotado, mais de duzentos são abandonados. E enquanto os resgatados não forem adotados, não há como fazer mais resgates. Por isso a adoção é importante, porque ela viabiliza novos resgates e evita novos abandonos e maus tratos”, concluiu.

As ações de incentivo à proteção e adoção de animais resgatados serão divulgadas nas redes sociais da Prefeitura, pelas páginas do Instagram e Facebook.

Foto: Bruno Amaral / Defesa Social

E quem pretende ter um cão ou gato para chamar de seu, a Secretaria Municipal do Ambiente (Sema) mantém, no Portal da Prefeitura, uma página atualizada, com informações e fotos de todos os cães e gatos resgatados e que estão à espera de novas famílias. Pessoas com idade igual ou superior a 18 anos, que tenham condições de cuidar do animal e garantir seu bem-estar podem preencher o cadastro e aguardar o contato da Diretoria de Bem-Estar Animal (DBEA) da Sema.

 

Foto: Bruno Amaral / Defesa Social

 

Guarda Municipal

A Guarda Municipal conta com o Grupo de Operações com Cães (GOC) desde o mês de fevereiro de 2017. O canil é composto por nove cães farejadores que juntamente com os guardas municipais desempenham funções de proteção aos prédios públicos, bem como a segurança de todos os servidores municipais. Ações de prevenção e combate ao tráfico de drogas, faro de armas e participação em ações sociais são algumas das principais funções desenvolvidas.

Também na tarde desta segunda-feira (4), os guardas municipais apresentaram o cão Apollo para o prefeito Marcelo Belinati e para os servidores da Secretaria Municipal de Recursos Humanos. Por meio do projeto Informar para Proteger, da Secretaria Municipal de Defesa Social, voltado aos servidores municipais, os agentes explicaram como funciona o serviço da instituição e divulgaram o telefone de emergência 153.

Texto: Juliana Gonçalves e Bruno Amaral 



com informação da Prefeitura de Londrina

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *