Duplicação da PR-445 de Mauá a Lerroville tem consorcio vencedor – Tiago Amaral

0
Share

O consórcio DT PR 445 (DP Barros Pavimentação e Triade Pavimentações) é o vencedor da licitação para as obras de duplicação e ampliação da PR-445, no trecho entre Mauá da Serra (interseção da BR-376) e o acesso a Lerroville, com extensão de 27km.

O consórcio venceu a licitação com o valor de R$ 148.032.561,17. Das quatro empresas classificadas para a análise de documentação, uma foi inabilitada. No total, doze empresas que apresentaram propostas. O valor máximo previsto na licitação era de $ 217.311.082,20

A empresa vencedora terá 18 meses após assinatura do contrato e emissão da ordem de serviço para executar a obra.

“A duplicação da PR-445 é uma das principais obras de infraestrutura da nossa região, assumimos o compromisso de lutar por ela desde a criação da Comissão de Infraestrutura há quatro anos. É uma reivindicação histórica da região Norte, aguardada há pelo menos trinta anos. A obra significa mais segurança e qualidade de vida para toda a região de Londrina, não apenas para quem vai a capital, mas para moradores dos distritos e também de Tamarana”, afirmou o deputado Tiago Amaral que é o relator do Orçamento do Paraná e conseguiu articular os recursos para a execução da obra.

O prazo de recursos das outras empresas está aberto até o dia 26, às 18h.

OBRA – Além da restauração da pista existente, está prevista a duplicação do trecho em uma extensão de 27,07 quilômetros, implantação de um viaduto no acesso a Tamarana, vias marginais entre Lerroville e Tamarana, uma rótula em nível no acesso para Lerroville, pontes sobre os rios Santa Cruz e Apucaraninha, onze retornos em nível, e a correção da geometria em sete curvas consideradas críticas.

Será implantada uma pista nova com duas faixas de rolamento de 3,60 m cada em sentido único e acostamento externo de 2,50 m, separada da pista atual por um canteiro central de 7 m ou 9 m de largura e faixa de segurança de 60 centímetros de cada lado, na maior parte do trecho. No local onde não será possível o canteiro, as pistas serão separadas por barreira rígida de concreto, com faixa de segurança interna de 1 metro de largura em cada lado.

A primeira fase da modernização da PR-445 foi concluída no início de 2021, com a entrega dos 15 km até o distrito de Irerê. O Governo do Estado investiu 97 milhões na rodovia até agora, entre execução e elaboração de projeto para o trecho de 50 km que será duplicado. O projeto executivo foi elaborado pela empresa Engefoto a um custo de 3,6 milhões.

 





com informações da Assessoria de Imprensa

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *