Entenda o que estou fazendo pela reorganização do policiamento na região de Londrina – Tiago Amaral

0
Share

Já está em curso uma reorganização do policiamento para melhorar a segurança nos pequenos municípios da região norte.

O QUE MUDOU

As cidades de Alvorada do Sul, Bela Vista do Paraíso, Primeiro do Maio e Sertanópolis passaram a ser atendidas pela 4ª Companhia Independente de Polícia Militar (4ª CIPM), que tem uma grande estrutura e está, logisticamente, do lado desses municípios, melhorando a resposta da PM no atendimento à população.

A 4ª CIPM é responsável pelo policiamento da zona norte de Londrina, com 220 mil habitantes, sob o comando do Major Tordoro. Ao assumir o policiamento dos quatro municípios, passou a atender uma população de 275 mil habitantes, com aumento de 219 para 246 policiais. A relação, que era de 1 PM para 1004 habitantes, passou para 1115 habitantes.

A mudança alivia o 15.º BPM, que vai poder atender melhor dez municípios que ficam sob o seu comando.

  1. O que dizem os prefeitos das 4 cidades

PELO QUE ESTAMOS LUTANDO AGORA

  • Transformação da 4.ª CIPM em Batalhão

A 4ª CIPM, que na reorganização, incorporou o policiamento nas cidades de Alvorada do Sul, Primeiro de Maio, Sertanópolis e Bela Vista do Paraíso cresceu em importância e responsabilidade, reforçando a necessidade se se tornar um batalhão, aumenta a sua capacidade, estrutura e sua importância dentro do próprio Comando Regional.

  • Transformação da 4ª CIA de Cambé em Companhia Independente

Essa mudança aconteceria com a transformação da atual 4ª Companhia Independente, que hoje está na zona norte de Londrina, em Batalhão.

Assim, a 4ª Companhia sobe de patamar dentro da Policia Militar, Londrina passa a ter mais um batalhão e Cambé, mais autonomia, como acontece em Rolândia e Arapongas. Cambé tem aproximadamente 107 mil habitantes. Atualmente a 4ª Cia de Cambé responde ao 5º Batalhão da PM de Londrina.

  1. Independência une lideranças
  2. Discussões para mudança avançam

Na sequência, e essa é outra luta, transformar Arapongas em um batalhão da PM.

  • Regionalização do Choque

Em Londrina temos uma Companhia de Choque ligada ao 5º Batalhão mas com o projeto de fortalecer as estruturas do choque também no interior a prioridade nossa é que Londrina seja uma das principais sedes do choque no estado do Paraná.

Cidades menores precisam de uma presença mais efetiva do Choque para o combate ao crime organizado.

  1. Em vídeo Tiago Amaral explica a regionalização do Choque

QUEM ESTÁ A FRENTE DA REORGANIZAÇÃO

A reorganização tem sido estruturada pelo tenente-coronel Hilberaldi, comandante do 2º CRPM, com aval do comandante da PMPR, o tenente-coronel Hudson, e pelo deputado Tiago Amaral, atuante na área de segurança.

 





com informações da Assessoria de Imprensa

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *