Os funcionários do Procon (Programa de Proteção e Defesa do Consumidor) de Cambé estão participando de uma capacitação sobre o novo sistema estadual que vai ser adotado a partir de novembro pelo departamento. O curso intitulado “Capacitação do Sistema Pró-Consumidor” está sendo ministrado pela Escola Nacional de Defesa ao Consumidor e tem a intenção de apresentar a nova plataforma e suas mudanças. Segundo Willian Train, coordenador do Procon de Cambé, esse novo sistema é mais simples e vai facilitar o atendimento, reduzindo o tempo de espera dos consumidores por uma resposta. O curso começou na segunda-feira (25) e vai até esta sexta-feira (29) de forma online.

 

Train explica que atualmente o Procon utiliza o sistema Sindec, mas a partir de novembro o sistema será o Pró-Consumidor, desenvolvido pela Secretaria Nacional do Consumidor. Segundo ele, o novo sistema vai contar com menos opções que o antigo, o que vai otimizar o trabalho. “Agora vamos ter as opções de consulta, denúncia e reclamação, permitindo chegar mais rapidamente na escolha desejada, sem ter que passar por diversas etapas”, enumera. O coordenador ainda destaca que a nova plataforma vai delimitar um tempo para que os Procons resolvam os problemas. “Nós vamos ter 120 dias para finalizar um processo, caso contrário eles vão ser arquivados automaticamente pelo sistema”, ressalta.

 

Willian Train também salienta que a mudança entre as plataformas vai ocorrer de forma gradativa. “A partir do mês que vem os novos processos já vão ser feitos através do Pró-Consumidor, mas os atuais vão continuar no Sindec até que sejam resolvidos”. Segundo ele, um sistema mais simples e ágil beneficia o consumidor. “A plataforma vai dinamizar os atendimentos e trará mais satisfação para os consumidores que buscam resolver um problema”, finaliza.