Mutirão da dengue recolhe 12 toneladas de lixo em dois bairros de Cambé – Prefeitura de Cambé

0
Share

A Prefeitura de Cambé, por meio da Secretaria de Saúde, está realizando mutirões de limpeza contra a dengue nos bairros com maior incidência do mosquito na cidade. A ação deste sábado abrangeu dois bairros (Cristal e Vila Guarani) e recolheu aproximadamente 12 toneladas de lixo, dentre objetos que possam acumular água e móveis velhos. Segundo Anderson Marquini, responsável Departamento de Vigilância em Saúde Coletiva da Secretaria de Saúde, foram utilizados caminhões da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente e da Companhia de Desenvolvimento de Cambé (Comdec) para recolher os materiais, resultando em 10 cargas de lixo.

Marquini explica que a ação acontece em um período propício para a proliferação do Aedes aegypt, mosquito transmissor da dengue. De acordo com os dados disponibilizados pelo LIRAa, entre os dias 18 e 23 de outubro, a cidade de Cambé apresentou um Índice Predial de 1%. A porcentagem indica que, estatisticamente, 6.282 imóveis possam ter criadouros ativos do mosquito da dengue. De acordo com o manual divulgado pelo Ministério da Saúde, o índice da cidade de Cambé está classificado como de médio risco ou como sinal de alerta. “Esses meses mais quentes e com maior quantidade de chuvas obrigam à população a ficar alerta com possíveis focos do mosquito”, explica Marquini.

Neste primeiro mutirão, cerca de 14.700 pessoas e 9 mil imóveis foram alcançados e, segundo Marquini, a quantidade de materiais recolhidos está dentro da média esperada, sendo destinados ao aterro sanitário. Os mutirões vão continuar aos sábados, na seguinte ordem: no dia 27 de novembro no Jardim Ana Rosa e Cambé IV; no dia 04 de dezembro na região central e no Cambé II; no dia 11 de dezembro no Novo Bandeirantes e nas proximidades do 24 Horas; e no dia 18 de dezembro nas vias do Jardim Santo Amaro, Jardim Silvino e Jardim São Paulo.

O mutirão vai percorrer as vias dos bairros das 7h30 às 14h recolhendo objetos que possam acumular água, como vasos, tanques, pneus, latões, galões, móveis velhos. A Secretaria de Saúde frisa que as pessoas devem deixar esses materiais nas calçadas antes do horário, preferencialmente na sexta-feira à noite.



com informação da Prefeitura de Arapongas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *