Outubro Rosa apresenta palestra sobre planejamento reprodutivo

0
Share

Para chamar a atenção das mulheres e de homens para os cuidados com o planejamento reprodutivo, na próxima quarta-feira (13), às 17h, a Prefeitura de Londrina vai realizar uma palestra com a enfermeira obstetra, coordenadora de Saúde da Mulher no serviço de Atenção Primária em Saúde, da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), Priscila A. Colmiran. O encontro será pela internet, no link: https://meet.google.com/otj-dksq-kzn.

O objetivo é mostrar a importância de se ter um planejamento reprodutivo, assim como apresentar os direitos de as mulheres escolherem quais métodos reprodutivos querem usar e ter acesso às informações seguras sobre os meios e métodos para ter seus objetivos atingidos. Além disso, a palestrante também vai apresentar a rede de atenção básica existente em Londrina e como funciona o fornecimento de insumos preventivos e a realização de procedimentos cirúrgicos.

O planejamento reprodutivo, enquanto política pública, prevê a organização de serviços e processos de saúde para o desenvolvimento de atividades educativas e clínicas relacionadas à pré-concepção, contracepção e esterilização cirúrgica voluntária. Por isso, em Londrina, as Unidades Básicas de Saúde (UBS) fornecem orientações para as mulheres e a distribuição de alguns métodos contraceptivos, como o anticoncepcional oral e o injetável mensal e trimensal, assim como de preservativos feminino e masculino, e a inserção do Dispositivo Intrauterino (DIU). Nas UBSs, a população também encontra ações educativas visando o planejamento reprodutivo, como o uso de método cirúrgico, com encaminhamento para os procedimentos de laqueadura e vasectomia, com equipe multiprofissional, quando é o caso.

“A palestra é um momento em que as participantes terão oportunidades de fazer perguntas, como em um bate-papo. A intenção é aproveitar o espaço para esclarecer as dúvidas e apresentar os serviços disponíveis na rede de saúde de Londrina, como os realizados através das Unidades Básicas de Saúde. É importante que seja feito o planejamento reprodutivo, para que a mulher faça o planejamento pré-concepcional, que programe a gestação, faça os exames antes de engravidar, como a rotina de preventivo, a avaliação das mamas e os exames de urina, e que faça uso do ácido fólico pelo menos com três meses antes de engravidar. Caso isso não seja  possível, é importante que se faça a detecção da gravidez o mais rápido possível para dar início a rotina de pré-natal”, explicou a palestrante.

A realização deste encontro faz parte da programação do Outubro Rosa e tem o apoio e a realização do Conselho Municipal de Direitos da Mulher (CMDM), da Secretaria Municipal de Políticas para as Mulheres (SMPM) e da Secretaria Municipal de Saúde (SMS). O Departamento Saúde Coletiva (DESC) da Universidade Estadual de Londrina (UEL) é parceiro da atividade.



com informação da Prefeitura de Londrina

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *