Pesquisadores participam da abertura do 30º Encontro Anual de Iniciação Científica

0
Share

Cerca de 560 estudantes participam da 30ª edição do Encontro Anual de Iniciação Científica (EAIC) que tem o objetivo de disseminar projetos de pesquisa desenvolvidos por estudantes de graduação e do Ensino Médio (IC e IC Junior), estimulando a troca de experiências entre os grupos. Esse ano toda a programação será online, com as apresentações dos inscritos ocorrendo de forma simultânea. A abertura oficial do encontro foi realizada ontem à noite, quinta-feira (25), também no formato virtual, transmitido pela plataforma YouTube. A abertura contou com palestra do professor Marcelo Muller, da Universidade Federal do Paraná. O 30º Eaic termina nesta sexta-feira.

Durante a abertura o reitor da UEL, Sérgio Carvalho, destacou a importância de jovens estarem envolvidos com a pesquisa, descobrindo o rigor científico e iniciando uma carreira acadêmica de grande importância para o país. “Nesse momento em que mais precisamos da ciência para salvar a humanidade, nessa pós-pandemia, toda a comunidade científica brasileira é atacada com cortes de verbas”, destacou ele, referindo-se aos atrasos no pagamento de bolsas do PIBID  e da Residência Pedagógica.

O reitor destacou a importância dos jovens cientistas se engajarem na luta pelo desenvolvimento da ciência e da regularidade de investimentos dos Institutos de Pesquisa e das Universidades públicas. “Desafio vocês a esse combate pela produção de conhecimento. Não pode haver país independente, sem pesquisa soberana”, afirmou.

O coordenador de Ciência e Tecnologia da Superintendência de Ensino Superior, Ciência e Tecnologia (SETI), Marcos Aurélio Pelegrina, elogiou o fato do 30º Eaic registrar 557 trabalhos inscritos, em oito áreas do conhecimento. O coordenador destacou que o desenvolvimento socioeconômico do estado está ligado às Universidades públicas, nas suas respectivas regiões. Já o Pró-reitor de Pesquisa e Pós-graduação da UEL, professor Amauri Alfieri, lembrou que o EAIC representa um evento consolidado. Segundo ele, o CNPq está completando 70 anos de atividades, sendo que a encontro que envolve as Universidades paranaenses, ocorre desde 1991.

Segundo a coordenadora do EAIC, professora Ana Paula Bracarense, do Departamento de Medicina Veterinária Preventiva, ao todo 1.300 pessoas estão envolvidas no evento. Ela detalhou que, além dos 557 participantes, o encontro reúne 175 avaliadores e 375 orientadores. A programação do evento pode ser acessada AQUI/EAIC.



com informações de O Perobal, o jornal online da UEL

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *