RESERVA – Assembleia aprova projeto do deputado Cobra Repórter que concede o Título de Utilidade Pública à Sociedade Protetora dos Animais

0
Share

A Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) aprovou, nesta quarta-feira (06), em segunda discussão com 32 votos, o projeto de lei Nº 52/22 do deputado estadual Cobra Repórter (PSD), vice-líder do Governo, que concede o Título de Utilidade Pública à Sociedade Protetora dos Animais de Reserva – SOS Animal, com sede no município de Reserva. O projeto foi dispensado da redação final e segue para sanção do governador Ratinho Junior.
“É com imensa satisfação que esse projeto foi aprovado em pleno Julho Dourado, lei de minha autoria que propõe um mês de reflexão sobre a saúde animal e contra o abandono. Impedir e reprimir atos de crueldade contra os animais sempre foi o objetivo maior da Sociedade Protetora dos Animais de Reserva – SOS Animal, que efetivamente trabalha para evitar abusos e maus-tratos. Sua rede de proteção tem foco também no cuidado de animais abandonados, garantindo-lhes conforto e atenção. Orientar a população para o carinho, afeto e cuidado com os animais é outra atividade promovendo bazares, festas e outras formas de conclamação da população”, ressaltou o deputado Cobra Repórter.
A Sociedade Protetora dos Animais de Reserva – SOS Animal é uma instituição criada em 2013. É uma entidade filantrópica, beneficente, sem fins lucrativos atendendo situações de vulnerabilidade de animais, defendendo seus direitos e prestando auxílio para manutenção da saúde e da vida animal.
O deputado destaca que é um defensor da causa animal com lei e projetos relacionados a este tema. Veja alguns deles:
*é autor da lei “Julho Dourado”, um mês de reflexão sobre a saúde animal e contra o abandono;
*é um dos idealizadores do CastraPet, programa do Governo do Estado de esterilização gratuita de cães e gatos;
*tem projeto um de lei que propõe a obrigatoriedade de prestação de socorro a animais quando atropelados por condutores de veículos automotores nas ruas, rodovias e demais vias públicas, ficando sujeito às sanções do código penal;
*trabalha para a implantação de um Hospital Regional Público Veterinário em Londrina;
*tem um projeto de lei tramitando para instituir o serviço permanente de denúncia de violência via número de whatsapp ou telegram em todo o Paraná, o “S.O.S Animal”;
*apresentou um projeto de lei para a criação do “Programa Ração PET do Paraná”, entre outros.

Escreva seu comentário

Você está logado em comentário do post





com informações da Assessoria de Imprensa

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *