Saneamento: Sanepar e Frsia ampliam parceria na conservao de mananciais do programa Fundo Azul

0
Share

A Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar) e a Frísia Cooperativa Agroindustrial firmaram nesta semana uma nova parceria pelo Programa Fundo Azul, da Sanepar, que vai beneficiar pequenos produtores de leite das áreas de mananciais em Prudentópolis, Teixeira Soares, Palmeira, Ponta Grossa, Imbituva e Irati.


O evento reuniu bovinocultores e representantes da Frísia e da Sanepar, na Associação Comercial de Prudentópolis, marcando as comemorações pelo Dia do Rio.


Nessas pequenas propriedades, será feito um serviço de instalação ou adequação de esterqueiras revestidas, melhorando o manejo de dejetos e evitando a poluição dos mananciais de abastecimento público. O projeto atende orientação do Ministério da Saúde na aplicação do Plano de Segurança da Água.


Construídas e utilizadas de forma correta, as esterqueiras evitam a contaminação do solo, dos lençóis freáticos e dos mananciais. No prazo de um ano, 21 propriedades serão adequadas pelo Programa Fundo Azul da Sanepar. A expectativa é que seja feito o manejo adequado de cerca de 50 mil litros de dejetos por dia. Além de regularizar as propriedades perante a legislação, a esterqueira também estimula a economia e o desenvolvimento sustentável, com o uso do material como biofertilizante na lavoura.


Esta é a segunda etapa do projeto. Na primeira edição, foram beneficiados bovinocultores de leite dos municípios de Ponta Grossa, Castro, Carambeí e Piraí do Sul. No prazo de um ano, foram regularizadas esterqueiras de 15 pequenas propriedades evitando que aproximadamente 42,2 mil litros de dejetos por dia fossem depositados irregularmente no meio ambiente.


“Esperamos que possamos ampliar cada vez mais essa parceria e ter o que todos nós queremos, que é um meio ambiente mais saudável e cooperados e cooperativas cada vez mais fortes e produzindo com sustentabilidade”, afirma o diretor de Meio Ambiente da Sanepar, Julio Gonchorosky.


FUNDO AZUL – Os participantes do Fundo Azul são definidos por uma seleção da Frísia entre os seus cooperados, considerando o porte, a localização em área de manancial e a inadequação no lançamento de dejetos. A cooperativa fica responsável pelo desenvolvimento do projeto das esterqueiras, orientação dos produtores e fiscalização dos serviços em cada propriedade. 


A Sanepar fornece os materiais e insumos para a construção das esterqueiras e seu isolamento, incluindo a instalação de geomembrana. A mão de obra para as escavações e a instalação das cercas fica por conta de cada produtor.


O vice-presidente da Frísia, Wilant van der Boogaard, explica que o Fundo Azul se soma às ações da cooperativa ao longo do tempo, buscando o desenvolvimento e também a conservação dos recursos hídricos. “Temos que ter essa consciência de conservação do solo, da água e da manutenção correta, para que nada venha a prejudicar a qualidade da água”, afirmou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *