Secretaria do Ambiente divulga balanço final das ações do CastraPet em Londrina

0
Share

A Prefeitura de Londrina, por meio da Secretaria Municipal de Ambiente (Sema), divulgou o balanço das castrações de cães e gatos realizadas de 25 a 28 de setembro em Londrina, pelo Programa Permanente de Esterilização de Cães e Gatos (CastraPet Paraná), promovido pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo do Paraná (Sedest) em parceria com o Município.

De acordo com os dados,  ao todo, 231 animais foram castrados e receberam chip com informações sobre eles e seus tutores. Todos também ganharam a medicação pós-operatória, para garantir uma boa recuperação.

Foto: Divulgação

Do total, foram atendidos 134 cães e 97 gatos. No sábado (25), foram atendidos 42 animais, outros 74 foram no domingo (26), 80 na segunda-feira (27) e 35 foram na terça-feira (28). Para isso, durante os quatro dias, o programa paranaense deixou um veículo estacionado na sede da Secretaria Municipal de Ambiente, que fica no Parque Municipal Arthur Thomas, na Rua da Natureza, 155, no Jardim Piza.

Segundo a diretora de bem-estar animal da Sema, Graziella Damante, Londrina conseguiu cumprir a meta do programa com sucesso. “Contemplamos, principalmente, as pessoas que estão cadastradas no banco de ração, embora algumas faltaram, nós completamos com as pessoas que souberam da ação através da mídia. Foi um sucesso! Algumas pessoas vieram a mais e nós as direcionamos para o CastraMóvel do Município. A ideia é que quanto mais animais castrados, mais a gente consegue ter o controle populacional e menos chances de termos animais de rua ou uma superpopulação de animais dentro das casas”, explicou a diretora da Sema.

Foto: Divulgação

Pensando nisso, o objetivo da ação foi atuar no controle populacional de animais e na prevenção de zoonoses.  A meta  do Governo do Estado é castrar animais de 60% dos municípios até o final de 2022. Isso porque, a castração faz parte da política de bem-estar animal e vem para apoiar as organizações sem fins lucrativos, as associações e os protetores de animais que cuidam de animais em Londrina. O custo atual de uma castração é de cerca de R$ 600 por animal, sendo gratuita pelo programa.

Até o momento, o Castrapet Paraná já passou por 45 municípios, através de um programa piloto, e está atuando em 80 municípios neste ano. Uma ordem de serviço para expandir o trabalho para outros 140 municípios também está em andamento. A intenção é que 360 municípios sejam atendidos no Paraná, o que deve caracterizar o programa como a maior ação de castração gratuita do Brasil.



com informação da Prefeitura de Londrina

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *