Segurana: Com entrega de medalhas a autoridades civis e militares, Polcia Rodoviria comemora 57 anos

0
Share

Para comemorar 57 anos, o Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv) promoveu nesta quarta-feira (27) uma solenidade militar no Museu Oscar Niemeyer, em Curitiba, com entrega de medalhas Mérito Rodoviário. Homenagens e agradecimentos aos integrantes da PM e autoridades civis foram feitos em reconhecimento ao legado do batalhão.


Para o vice-governador Darci Piana, agraciado com a medalha, esse é um momento importante, não só para a Polícia Militar, mas para a sociedade paranaense. Ele falou sobre o diferencial dos policiais militares rodoviários, que atuam tanto no trânsito quanto no combate aos crimes comuns, como o tráfico de drogas.


“Já são 57 anos de serviço. Esses policiais rodoviários se dedicam 24 horas por dia para cuidar do nosso trânsito e da nossa gente”, disse. “Fico feliz em participar dessa solenidade e de saber que o Governo do Estado está fazendo a sua parte, equipando o BPRv com viaturas e equipamentos para melhor servir a nossa sociedade”.


O secretário de Estado da Segurança Pública, Romulo Marinho Soares, parabenizou os policiais militares que fazem parte da unidade. “Hoje é um dia muito especial, pois o Batalhão Rodoviário presta um grande serviço para a sociedade paranaense”, disse.


O comandante do BPRv, tenente-coronel Joserli Wellington Selmer, destacou o atendimento ao cidadão. Segundo ele, é uma unidade em franca expansão, que tem atuado com apreensões de drogas, armas e contrabando, números que crescem a cada ano. “Mesmo diante de grandes desafios, o BPRv atuou para valorizar os bons policiais, implementando novas políticas de gestão e de policiamento rodoviário”, afirmou.


BALANÇO – Somente em 2021, o BPRv atendeu mais de 8.620 ocorrências policiais e acidentes de trânsito e apreendeu mais de 25 toneladas de drogas. O trabalho dos militares rodoviários também resultou, neste ano, na realização de 269 mil imagens de radar de flagrantes de excesso de velocidade.


“Só temos a agradecer a todos que fizeram e fazem parte desta história, pois é por causa desses homens e mulheres que milhares de vidas foram salvas, ao evitar acidentes e apreender drogas e armas”, disse Selmer. “Com a flexibilização das regras sanitárias, aguardamos um fluxo maior de veículos nas rodovias e estamos preparados para isso, tanto em termos de tecnologia, como em novas formas de aplicação de policiamento para que possamos prever a melhor segurança possível para a população paranaense e de todo país que transita pelas rodovias do Estado”.


HOMENAGENS – Diversas autoridades civis e militares receberam a Medalha Mérito Rodoviário, que se destina a homenagear os que prestaram relevantes serviços à unidade, à causa do trânsito e à segurança das rodovias paranaenses. 


Um deles foi o cabo Veterano Moacir Rosa Botelho, que em 2005, na cidade de Guaíra, foi ferido numa tentativa de abordagem a um táxi roubado. Ele e o colega, o cabo Paulo Henrique Moretto, foram baleados pelo suspeito, mas foram socorridos pelo motorista de ônibus que passava pelo local, Cesar Gon. Botelho sobreviveu, mas o cabo Moretto não resistiu. Botelho e o motorista do ônibus participaram do evento e receberam uma homenagem.


HISTÓRIA – O Batalhão de Polícia Rodoviária da Polícia Militar teve sua origem da antiga “Polícia de Estradas”, criada em 1946 junto ao Departamento de Estradas e Rodagens (DER). Em 1951 recebeu a denominação de Polícia Rodoviária, tendo como comandante o capitão Benedito Evangelista dos Santos e 33 guardas para a execução do policiamento ostensivo nas estradas.


Em 8 de janeiro de 1976, com a Lei 6.774, o Corpo de Policiamento Rodoviário passou a se denominar Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv) como unidade especializada subordinada ao Comando do Policiamento do Interior, com área de atuação nas rodovias estaduais.


Até 1975 o Corpo de Policiamento Rodoviário possuía apenas três Companhias: 1ª Companhia de Polícia Rodoviária, com sede em Curitiba, 2ª Companhia (Londrina) e 3ª Companhia (Cascavel). No mesmo ano foi criada a 4ª Companhia, com sede em Maringá, e em 1978 a 5ª Companhia foi instalada em Ponta Grossa. Em 1994 foi criada a 6ª Companhia (Pato Branco).


Atualmente o BPRv possui 54 Postos Rodoviários por todo o Paraná, abrangendo mais de 12 mil quilômetros de rodovias estaduais.


PRESENÇAS – Acompanharam o evento o comandante-geral da PM, coronel Hudson Leôncio Teixeira; o subcomandante-geral da PM, coronel Rui Noé Barroso Torres; o chefe do Estado-Maior da PM, coronel Adilson Luiz Lucas Prüsse; o chefe do Estado-Maior do Corpo de Bombeiros, coronel Manoel Vasco de Figueiredo Junior; o corregedor-geral da PM, coronel Dorian Cavalheiro; o diretor de Finanças da PM, coronel Gelson Marcelo Jahnke; o chefe de Gabinete do Governador do Estado, Daniel Wesley Vilas Boas Rocha; o juiz de direito da Comarca de Piraquara, Antônio Sergio Bernardinetti; o promotor de Justiça do Gaeco de Pato Branco, Roberto Tonon Junior; o diretor administrativo-financeiro do DER, Marco Aurelio Cordeiro; além de demais comandantes de unidades da PM, oficiais, praças e convidados.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *