Segurana: Servidores do sistema prisional recebem treinamento na rea de inteligncia

0
Share

Vinte agentes penitenciários de todo o Paraná participaram de um curso na área de inteligência, promovido pela Escola de Formação e Aperfeiçoamento Penitenciário (Espen), em parceria com a Polícia Militar do Paraná. O objetivo da ação foi aperfeiçoar a produção do conhecimento e integrar as forças de segurança. 


“Esse é um trabalho fundamental dentro do sistema prisional, principalmente no que se refere ao combate ao crime organizado”, disse o vice-diretor do Depen, Luiz Francisco da Silveira. “É importante que as forças de segurança afinem e aproximem esse trabalho de produção e troca de informações”.


Segundo a diretora da Espen, Marilza Hack, esse é o segundo curso promovido pela Escola na área de inteligência em um ano. As capacitações foram realizadas a pedido da Assessoria de Segurança e da Agência de Inteligência do Depen, com o intuito de ampliar essa atuação. Além das aulas teóricas, os servidores fizeram visita técnica à Agência de Inteligência do Depen e ao Departamento de Inteligência do Paraná (Diep). 


“O primeiro curso contou com noções básicas de inteligência e atingiu um público maior. Esse segundo curso é uma continuação, um avanço, que conta com a participação de outra força de segurança, o que amplia a visão e qualificação profissional desse servidor”, explicou a diretora.


TRABALHO DE CAMPO – O chefe da Agência de Inteligência do Depen, Adailton Taques, disse que a capacitação tem o objetivo de preparar o agente penitenciário para o trabalho de campo dentro do sistema prisional. Os servidores aprenderam como fazer um sistema de vigilância nas redondezas do sistema penitenciário, além de técnicas operacionais, busca de alvo, infiltração, entre outros. 


“Foi uma oportunidade de fortalecer e aproximar a comunidade interna de inteligência. Contamos com a participação de ao menos dois servidores por regional do Estado. A intenção é manter uma formação constante nessa área”, explicou Taques.


O assessor de Segurança do Depen, Alisson Andrade, afirmou que essa integração fortalece a segurança pública como um todo. “Estamos buscando diversificar e ampliar a formação dos nossos servidores, de forma constante, com o objetivo de oferecer um serviço de excelência”, disse.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *